Ministério da Saúde: Anúncio televisivo contra excesso de açúcar corrigido após reação das marcas 820


9 de março de 2018

O anúncio televisivo que alerta para o consumo excessivo de açúcar, criado no âmbito da campanha do Governo “O Açúcar Escondido nos Alimentos”, foi corrigido após o Ministério da Saúde ter sido informado de que os clientes do espaço publicitário da RTP, SIC e TVI terão manifestado desagrado com o facto de algumas das embalagens presentes no vídeo poderem remeter para gamas e marcas específicas.

O “Observador” avançou que a Unilever «manifestou o seu desagrado pela utilização inequívoca da imagem da marca Calvé na campanha, tendo contactado informalmente os promotores da mesma (Ministério da Saúde e canais televisivos)». Já a Sumol/Compal apenas manifestou o seu descontentamento junto do executivo, enquanto que a Nestlé não contactou com nenhuma entidade.

Todos negam ter pressionado os departamentos comerciais das televisões. Apesar disso, os três canais deixaram de exibir o anúncio original, tendo informado o Ministério da Saúde acerca dessa decisão.

Entretanto o anúncio já foi corrigido e já se encontra novamente no ar. As embalagens em questão surgem desfocadas e a lata de refrigerante passou a apresentar a cor roxa que substituiu o verde original.

«A campanha foi adaptada, indo ao encontro das solicitações apresentadas, em nada comprometendo a mensagem e objetivo centrais da mesma, que era o fundamental. É importante contudo referir que a postura de abertura do Ministério da Saúde em relação a esta matéria nada tem a ver com o assumir de qualquer tipo de irregularidade ou violação de direitos de imagem pela campanha referida, mas antes de forma construtiva excluir questões acessórias, mantendo o foco no essencial da campanha: a defesa da saúde pública dos cidadãos», clarificou o Ministério da Saúde.

WordPress Ads
Envie este conteúdo a outra pessoa