Mais cursos de nutrição, mais concorrência ao mercado de trabalho – um problema ou um desafio? 0 389

Recentemente abriram novos cursos de Ciências da Nutrição no país, o que representa um aumento considerável do número de licenciados e, posteriormente, nutricionistas a ingressarem no mercado de trabalho.

Numa era em que cada vez mais há um acesso mais facilitado a todo o tipo de informação, através das mais diversas plataformas, sendo que esta pode não ser a mais correta, levando à desinformação, bem como o aumento da preocupação e procura da população pela saúde e ainda a elevada prevalência de doenças não comunicáveis que podem ser prevenidas através de esforços conjuntos, sendo o fator alimentar e nutricional um pilar fundamental, o aumento de profissionais de saúde em nutrição é fundamental e imprescindível.

Para além disso, denotamos que ao longo do anos a profissão de nutricionista tem vindo a estabelecer-se na sociedade, fazendo com que surjam mais oportunidades de trabalho nas mais diversas valências da nutrição e alimentação. Ainda assim salientamos que há muito por fazer, enfatizando aqui que a criação da carreira de Nutricionista é uma necessidade urgente para o país.

Sendo esta realidade positiva, consideramos que as oportunidades de trabalho devem acompanhar as necessidades da população, algo que ainda estamos longe de atingir. O aumento do número de futuros nutricionistas só irá melhorar a saúde da população por isso é um desafio que deve ser abraçado por todas as entidades.

Clara Dias e Tiago Sabino

Direção da Associação Nacional de Estudantes de Nutrição

 

Envie este conteúdo a outra pessoa