A posição da ANEN no Conselho Nacional de Juventude é reforçada e reafirmada 1422

No passado dia 7 de janeiro, Leonor Quelhas Pinto, Presidente da Direção da Associação Nacional de Estudantes de Nutrição (ANEN) do mandato 2022-2023 foi eleita Vogal da Direção do Conselho Nacional de Juventude (CNJ) para o biénio 2024-2026.

Enquanto plataforma representativa de toda a Juventude em Portugal, o CNJ assume a responsabilidade de agregar o posicionamento e as visões de diversas organizações e expressões do associativismo juvenil. O CNJ trabalha em prol dos interesses de todos os jovens portugueses, sendo reconhecido pelo Estado enquanto parceiro em matéria de políticas e juventude.

A ANEN tem procurado assumir, ao longo dos últimos anos, uma presença constante, diversificando cada vez mais a sua intervenção, neste espaço de debate plural e participado, que é o CNJ. É no CNJ que vemos a melhor forma de se estabelecerem posicionamentos com vista a solucionar os problemas vivenciados pelos jovens no seu dia-a-dia e, inerentemente, para o futuro do País.

Assim, estamos convictos que esta forma de atuação, marcada pela presença assídua e postura ativa, em adição ao conhecimento que já detemos sobre esta Plataforma de Juventude, trará um contributo relevante na discussão orientada para a tradução da evidência em soluções eficazes, de forma a responder aos desafios atuais e futuros, numa perspetiva inovadora e global.

Leonor Quelhas Pinto e Maria Manuel Velosa
Vogal da Direção do Conselho Nacional de Juventude e Presidente da Direção da Associação Nacional de Estudantes de Nutrição

Envie este conteúdo a outra pessoa