OMS lança quadro interativo que avalia o impacto da covid-19 na nutrição 717

A Organização Mundial de Saúde (OMS) apresentou a estrutura analítica desenvolvida pelo Agile Core Team for Nutrition Monitoring (ACT-NM) que demonstra os impactos da covid-19 na nutrição.

Em colaboração com a UNICEF, a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento (USAID) e com a USAID Advancing Nutriton, a entidade foi criada em junho de 2020 para “monitorizar a nutrição no contexto contínuo da covid-19, mas também para responder oportunamente às necessidades da comunidade da nutrição”, destaca a OMS em comunicado. A estrutura engloba seis metas de nutrição materna, de recém-nascidos e crianças, como meta para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Vinculando categorias abrangentes, como alimentos, saúde, proteção social, educação, água e saneamento aos resultados e impactos da covid-19 na nutrição, esta estrutura analítica “é uma ferramenta útil que permite que os usuários” construam caminhos específicos” para estudar o impacto de futuros casos semelhantes. Possui uma “estrutura organizacional simplificada com 5 categorias abrangentes, incluindo uma série de determinantes que levam a resultados e ao seu impacto”, explica a OMS, que reconhece a “importância de aprofundar desigualdades e influências” em todos os componentes da estrutura analista.

Créditos: OMS

A estrutura analítica, que é interativa e pode ser consultada aqui, permite que “profissionais de saúde, agentes comunitários de saúde, empresários e decisores políticos” possam aprofundar os impactos de determinado contexto. A ferramenta, assegura a OMS, incorpora “um banco de dados de fontes de dados globais, regionais e específicas de cada país que abordam os fatores específicos incluídos na estrutura analítica”.

WordPress Ads
Envie este conteúdo a outra pessoa