ASAE desmantela unidade ilegal de produção e venda de suplementos alimentares 346

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) desmantelou uma unidade ilegal de produção e venda de suplementos alimentares.

De acordo com um comunicado divulgado, a ASAE, “através da sua Unidade Regional do Centro – Unidade Operacional V, Núcleo de Investigação e Fiscalização de Tondela, procedeu à execução de dois mandados de busca domiciliários numa unidade clandestina de produção, armazenamento e venda de suplementos alimentares, por suspeita dos crimes de corrupção de substâncias alimentares e de géneros alimentícios anormais falsificados, no município de Santa Comba Dão, do distrito de Viseu”.

“A investigação teve como origem a suspeita de poderem estar a ser produzidos ilegalmente suplementos alimentares com canábis e de estar a ser realizada extração ilegal de canabidiol a partir da planta em estado bruto, para produção de suplementos alimentares e de óleos naturais que teriam como destino o mercado do Reino Unido”, explica a nota.

Nesta ação foram apreendidas 3.930.000 cápsulas vazias, 428.000 cápsulas cheias (sem rotulagem), 6.615 kg de produtos químicos indiferenciados, 42.000 unidades de drageias de geleia, 4 baldes de comprimidos (com cerca de 60 kg de comprimidos), 30 frascos (de 10ml cada) de #Sunsemilia, 1 saco com 7kg de cápsulas (contendo alegadamente canabidiol), 4 máquinas misturadoras e capsuladoras, entre outros.

O valor do material apreendido ascende a 85.000 euros.

Envie este conteúdo a outra pessoa