UE aprova primeiro produto derivado de insetos para consumo humano 407

A farinha de tenébrio (larva-da-farinha), produzida a partir de larvas de um escaravelho, é a primeira autorização de comercialização na União Europeia de produtos derivados de insetos.

Aquela que, também, é conhecida como “farinha amarela” teve a aprovação da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos.

A estratégia Do Prado ao Prato identifica os insetos como uma fonte alternativa de proteínas, que pode apoiar a transição da UE para um sistema alimentar mais sustentável.

Envie este conteúdo a outra pessoa