Rodrigo Abreu: Em 2019 deve evitar-se a «proliferação de lixo disfarçado de ciência» 0 190

28 de dezembro de 2018

 

O nutricionista Rodrigo Abreu, declara, em exclusivo ao portal VIVER SAUDÁVEL, que 2018 ficou assinalado pelos concursos públicos para a administração dos nutricionistas e espera que o novo ano fique marcado por uma maior credibilidade no que diz respeito aos temas ligados à nutrição.

 

No balanço sobre o que considera o fato mais marcante de 2018 no setor, Rodrigo Abreu destaca os concursos públicos para a admissão de nutricionistas, quer no SNS, quer em diversas autarquias. Para o profissional de nutrição, trata-se de «uma confirmação da necessidade e relevância do nutricionista na Saúde Pública». Por outro lado, revela que há ainda muitos colegas a aspirar a uma carreira no setor público.

 

Para o próximo ano, acredita que a crescente exposição mediática dos assuntos relacionados com alimentação e nutrição exigirá maior nível de rigor e credibilidade. Rodrigo reforça assim que «é fundamental criar mecanismos para filtrar as mensagens validadas cientificamente».

 

Numa altura em que as fake news são tão faladas, espera que em 2019 se consiga «trabalhar em soluções que envolvam todos os stakeholders, para evitar a atual proliferação de lixo disfarçado de ciência».

Envie este conteúdo a outra pessoa