INFARMED deteta promoção de venda ilegal de medicamentos para perda de peso na Internet 0 81


24 de janeiro de 2018

O INFARMED detetou a promoção da venda ilegal de medicamentos destinados ao emagrecimento, através de um site destinado ao público português e das redes sociais e plataformas de mensagens, nomeadamente Facebook e Whatsapp.

Entre os medicamentos à venda estão o Reductil, que contém sibutramina, substância que foi suspensa em toda a União Europeia em 2010 por se verificar que os riscos da sua utilização eram muito superiores aos seus benefícios, no âmbito de um programa de perda de peso, lê-se num comunicado enviado pelo INFARMED. A EMA recomendou a sua suspensão depois de uma revisão de segurança destes medicamentos, associados ao aumento do risco de eventos cardiovasculares.

Outras substâncias identificadas nestas plataformas foram o clenbuterol, liotironina e efedrina.
Perante este cenário, o INFARMED emitiu um comunicado, apelando aos cidadãos que não comprem este e outros medicamentos, através da Internet.

O INFARMED já notificou a entidade promotora do site, sediado no Canadá, e da venda online destes medicamentos, tendo dado instruções para que retirasse de imediato todas as referências.

Envie este conteúdo a outra pessoa