Ucrânia: Zelensky insiste que ataques a Odessa afetam a segurança alimentar mundial 1275

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenzky considerou uma “ameaça para todos, em todos os continente” os ataques lançados esta quarta-feira contra as instalações portuárias da região de Odessa e acusou a Rússia de terrorismo.

“Os terroristas russos atacaram de novo os portos, os cereais [e assim afetam] a segurança alimentar mundial”, escreveu o chefe de Estado ucraniano numa mensagem divulgada pelo sistema digital Telegram citada pela agência Ukrinform e pela Lusa.

Zelensky acrescentou que “todos os sistemas operacionais (anti-aéreos) funcionaram de forma efetiva” mas pediu uma “resposta internacional” porque, frisou, os ataques atingem o transporte de cereais para todo o mundo.

A mensagem de Zelensky foi difundida após os ataques com ‘drones’ registados durante a madrugada contra as infraestruturas portuárias e industriais da região de Odesssa, no Mar Negro.

“Durante a noite, o inimigo dirigiu o ataque com aparelhos voadores não tripulados (‘drones’) contra o sul da região de Odessa tendo provocado incêndios nas instalações portuárias e industriais”, disse o governador regional, Oleh Kiper, através do Telegram.

Segundo o responsável regional ucraniano, o ataque ocorreu às 05:30 (02:30 em Lisboa) não se tendo registado vítimas.

Envie este conteúdo a outra pessoa