“Saber a Diferença, faz a Diferença”, a campanha que explica os prazos de validade 0 222

05 de fevereiro de 2019

As datas de validade (ou durabilidade dos produtos) não são todas idênticas e “saber a diferença, faz a diferença”. Este é o mote da campanha lançada pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) sobre prazos de validade dos produtos alimentares. O objetivo é contribuir para um maior entendimento e distinção das diferentes indicações e também a rentabilização do consumo por forma a evitar o desperdício alimentar.

 

Estudos Europeus indicam que o consumidor doméstico é responsável por cerca de 42% do desperdício alimentar global, grande parte do qual poderia ser evitado. A falta de conhecimento sobre o significado das datas de validade (ou durabilidade) dos produtos alimentares é um dos fatores que contribui para gerar desperdício nos lares por todo o mundo. Segundo comunicação no site da APED, as vantagens para os consumidores são múltiplas: «escolhas mais refletidas, decisões mais ponderadas, melhor economia familiar, melhor ambiente, menos desperdício». 

 

Inquéritos realizados revelaram que o significado das datas de validade dos rótulos dos produtos não é totalmente apreendido pelos consumidores: apenas 47% dos cidadãos da União Europeia compreende o significado de “consumir de preferência antes de” e só 40% compreende o significado de “consumir até”.

 

A APED tomou em conta esta realidade para levar a cabo ações que possam minimizar este impacto, esclarecendo os consumidores. Neste âmbito e em coordenação com a Estratégia Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar, foi apresentada esta campanha que conta com o apoio institucional da Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar e da Câmara Municipal de Lisboa.

Envie este conteúdo a outra pessoa