ON chama a atenção do poder político para os resultados do Global Burden of Disease Study 1067

Em véspera de Eleições Europeias, a Ordem dos Nutricionistas relembra os candidatos ao Parlamento Europeu de alguns dos cuidados alimentares. A expetativa é de chamar a atenção para problemas nutricionais na alimentação dos portugueses que devem ser comtemplados no cenário político europeu, partilhou a Ordem dos Nutricionistas na sua página de Instagram. 

A ON relembra que o consumo de pouca fruta e hortícolas é causador do desenvolvimento de doenças; a baixa ingestão de cereais faz com que se viva menos anos com qualidade de vida; a redução no consumo de carne vermelha e aumento do consumo de peixe baixa o risco de mortalidade; e que a limitação de açúcar e sal baixa o nível de desenvolvimento de doenças crónicas e incapacitantes. 

A Ordem dos Nutricionistas baseia os cuidados alimentares e alertas num estudo divulgado em maio deste ano, da Global Burden of Disease Study. 

Envie este conteúdo a outra pessoa