Liderança Vs. Nutrição 1419

A nutrição tem vindo a evoluir a todos os níveis na sociedade, existindo desta forma uma necessidade iminente de alertar, tanto os profissionais da área como os futuros nutricionistas, de que a ciência que praticamos vai muito além dos cálculos de macronutrientes, avaliações antropométricas e sinais clínicos, estando também presente na indústria, comunidade, restauração coletiva, entre outras. Posto isto, abordamos assuntos como sustentabilidade, desperdício alimentar, intervenção e prevenção, o que nos torna detentores de habilitações muito variadas, desde o planeamento, supervisão e organização até um resultado final.

Mas será que nesta complexidade de abordagens seremos efetivamente essenciais? Será que a nossa presença fará realmente a diferença? A resposta será “Sim!”, mas para isso teremos de rever a nossa capacidade de liderança e manifestar a nossa vontade de realmente fazer a diferença, uma vez que estamos presentes nos principais setores da sociedade.

Para além disso, temos de ser menos dependentes e passar a mensagem de que realmente fazemos a diferença, temos de ser mais versáteis na nossa área de atuação, mais autónomos e fugir da nossa zona de conforto desenfreadamente, porque a Nutrição é uma Ciência e não se resume a uma área de atuação. Em todo o caso, uma das principais críticas ao ensino das ciências da saúde nos últimos anos é a incapacidade de formar profissionais com sentido de liderança e de intervenção pública na sociedade, portanto, facilmente percebemos que é aqui que reside o cerne da questão.

Posto isto, deveremos continuar a lutar e a alargar a nossa área de atuação para que o nosso impacto na sociedade seja mais abrangente e eficaz. Só assim conseguiremos alterar o paradigma estabelecido de que o nutricionista depende de terceiros para emergir e fazer a diferença, sendo importante a integração e multidisciplinaridade, chegando deste modo a visões holísticas capazes de dar resposta às complexas questões de saúde.

É essencial a mentalidade dos profissionais seguir o mesmo caminho, pois só assim iremos conseguir liderar. “Liderança é o processo de dar um propósito ao esforço coletivo e provocar o desejo de despender este esforço para se atingir o objetivo”. Nós somos um todo, um todo com um propósito, mudar o paradigma. Vamos refletir e remar no mesmo sentido, só assim seremos líderes.

Teresa Machado e Tiago Gomes,
Direção ANEN

Envie este conteúdo a outra pessoa