Médio Oriente: Sistema de saúde de Gaza a poucas horas do colapso 684

O Ministério da Saúde na Faixa de Gaza alertou hoje que o sistema de saúde no enclave palestiniano, em guerra há mais de sete meses com Israel, está “a horas de entrar em colapso” devido à falta de combustível.

“Estamos a horas de um colapso do sistema de saúde na Faixa de Gaza devido à ausência do combustível necessário para operar geradores hospitalares, ambulâncias e transporte de pessoal”, alertou o Ministério da Saúde no território palestiniano, controlado pelo Hamas, cita a Lusa.

O enclave está privado de eletricidade desde o início do conflito e há uma escassa entrada de ajuda humanitária no território palestiniano.

Israelitas e palestinianos estão em conflito há décadas, mas esta fase do conflito eclodiu em 07 de outubro, quando o grupo islamita Hamas realizou um ataque sem precedentes contra Israel, matando cerca de 1.200 pessoas, a maioria civis, segundo dados oficiais israelitas.

Em resposta, Israel prometeu “aniquilar o Hamas”, no poder em Gaza desde 2007, e lançou uma ofensiva que já provocou mais de 35.000 mortos, segundo o Ministério da Saúde de Gaza.

Envie este conteúdo a outra pessoa