Insetos e leguminosas: “ChangeEat!” quer modificar hábitos alimentares dos jovens 652

O programa ChangeEat!, promovido pela Universidade Católica Portuguesa (UCP), pretende modificar os hábitos alimentares dos jovens casais portugueses com a adoção de novos produtos alimentares nas suas dietas.

A iniciativa quer alterar os hábitos daqueles que consomem carnes vermelhas e processadas e vai proporcionar a um conjunto de jovens casais portugueses “a experiência de consumir novos produtos com origem em insetos comestíveis e leguminosas, ricos em proteína alternativa, saudável e sustentável”, informa a UCP no seu site.

Integrado na execução dos estudos do consumidor europeu contemplada pelo SUSINCHAIN – SUStainable INsect CHAIN, um projeto financiado pelo Programa de Investigação e Inovação Horizonte 2020 da União Europeia e liderado pela Universidade de Wageningen, nos Países Baixos, o ChangeEat! conta com duas coordenadoras.

Ana Isabel Costa, do Food Behaviour Lab da CATÓLICA-LISBON School of Business & Economics, e Maria João Monteiro, do CBQF – Centro de Biotecnologia e Química Fina da Escola Superior de Biotecnologia, são as responsáveis. Contam ainda com a colaboração da Universidade de Copenhaga e da Sense Test.

“A evidência científica resultante de intervenções realizadas noutros países mostra que a criação de oportunidades para os consumidores jovens experimentarem gratuitamente, no seu dia-a-dia, uma oferta diversificada de produtos alimentares inovadores, que configurem alternativas seguras, saudáveis, nutritivas, saborosas e de fácil preparação às carnes vermelhas, é uma das formas mais eficazes de reduzir o seu consumo no longo prazo. É isto que propomos fazer em Portugal com o ChangeEat!”, garantem.

O estudo vai decorrer na cidade do Porto entre 6 de outubro e 19 de dezembro e terá a participação de “jovens casais (até aos 40 anos de idade), independentemente do sexo ou estado civil”. Estes casais “deverão habitar juntos, sem outros adultos ou crianças, ser saudáveis, consumir carnes vermelhas ou processadas e demonstrar disponibilidade para participar nas diferentes atividades do estudo”, lê-se.

Saiba mais aqui.

WordPress Ads
Envie este conteúdo a outra pessoa