Governo: Número de nutricionistas no SNS poderá aumentar em 50% 559


22 de novembro de 2017

O secretário de Estado Ajunto e da Saúde, Fernando Araújo, anunciou que o número de nutricionistas no SNS poderá aumentar em 50%. A introdução desta medida no Orçamento do Estado para 2018 «está a ser discutida com os partidos», revelou o membro do Governo hoje, durante o Congresso da Ordem dos Nutricionistas.

«O país precisa de vocês», afirmou Fernando Araújo perante uma plateia composta por nutricionistas, lembrando que esta é uma profissão «fundamental na promoção da literacia junto da população mas também dos dirigentes».

Relativamente ao imposto sobre o sal, que está previsto na proposta do Orçamento do Estado para 2018, o membro do executivo clarificou que esta medida pretende defender fundamentalmente «os cidadãos mais vulneráveis». Esta tributação, que, de acordo com Fernando Araújo, será investida na prevenção da doença, pretende «sensibilizar as empresas para reduzir os níveis de sal» nos seus produtos.

Durante o discurso, o secretário de Estado Ajunto e da Saúde lembrou ainda o sucesso da taxa sobre as bebidas açucaradas, em vigor desde o início do ano. Desde a introdução deste imposto, «os portugueses consumiram menos 4.200 toneladas de açúcar».

O membro do executivo acrescentou que a indústria «não é encarada como um inimigo, mas como um parceiro», em termos de políticas sobre alimentação.

O Congresso da Ordem dos Nutricionista decorre hoje no Centro Cultural de Belém. Acompanhe a cobertura no Portal Viver Saudável.

WordPress Ads
Envie este conteúdo a outra pessoa