Estudo revela quer retirar doces e salgados das caixas de supermercado poderá diminuir em 76% o seu consumo 0 89

 

 

21 de dezembro de 2018

Um estudo levado a cabo pelas universidade de Cambridge, Stirling e Newcastle concluiu que a retirada dos doces e salgados nas caixas de supermercado baixam de forma considerável a “compra por impulso”.

 

Os investigadores analisaram informação relativa a mais de 30 mil agregados familiares, durante um período de dois anos. Neste estudo, foi avaliado o impacto nas compras familiares causado pela remoção destes snacks, tendo ainda sido alvo de análises dados de consumidores que compraram estes produtos e os consumiram pelo caminho. 

 

A equipa concluiu que a retirada destes produtos das caixas reduzia o consumo dos doces em cerca de 76%.

 

Katrine Ejlerskov, autora principal do estudo publicado na “PLOS Medicine”, explica que os supermercados «podem ter uma influência positiva no tipo de compras que os consumidores realizam, caso se removam os doces e snacks das caixas», onde são estrategicamente colocados. 

 

«Muitas dessas compras podem ter sido feitas por impulso, por isso, se o consumidor não vir e não pegar numa barra de chocolate na caixa, pode ser uma barra de chocolate a menos que consomem», cita a revista “Visão”.

 

Essa mudança também poderá evitar o fenómeno da pressão das crianças sobre os pais para a compra de doces.

Envie este conteúdo a outra pessoa