Estudo: Portugueses estão a gastar mais em alimentação 0 45

Os portugueses estão a gastar mais em alimentação, crescimento que promove um mercado nacional de bens de Grande Consumo mais dinâmico, segundo o estudo “Changing Consumer Prosperity” da Nielsen.

Em Portugal, 45% dos cidadãos sente que a sua situação financeira melhorou nos últimos anos, superando a média europeia de 37%. Em relação a 2016, o estudo registou uma subida de 12%, segundo a revista “Marketeer”.

Os portugueses que investem mais em alimentação correspondem a 32%, seguindo-se a categoria de Higiene do Lar, com uma percentagem de 27%. Registam-se também crescimento nos gastos em Tecnologia, Viagens, Restaurantes e Entretenimento, fruto de uma maior disponibilidade para gastar.

Ana Paula Barbosa, Retailer Vertical Director na Nielsen, recorda que, em 2013, os consumidores portugueses registaram índices mínimos de confiança, tendo sido identificado como um dos povos mais pessimistas do mundo. «Tendo em conta este cenário, o facto de se terem registado melhorias constantes na situação económica do País levou claramente a um maior sentimento de alívio e sensação de melhoria relativamente a outros países», comenta.

Envie este conteúdo a outra pessoa