Estudo: Fast-food tem menos calorias do que alguns pratos de restaurantes 0 125

20 de dezembro de 2018

Um estudo levado a cabo por investigadores da Universidade de Liverpool no Reino Unido avaliou o número de calorias presentes em refeições de diferentes cadeias de restaurante do Reino Unido e a conclusão é que, a nível calórico, cadeias conhecidas de fast-food apresentam resultados mais satisfatórios.

O estudo nutricional citado pela revista “Visão” abrangeu cerca de 13 mil refeições entre as quais alguns grandes grupos presentes também em Portugal, como McDonald’s, Burger King ou KFC e foi coordenado por Eric Robinson, psicólogo comportamental da Universidade de Liverpool.

Os pesquisadores descobriram que apenas um prato (sem sobremesa e sem bebida) de uma cadeia de restaurantes do Reino Unido – como a Harvester e a Hungry Horse – representa, em média, cerca de 1033 calorias, mais do que o dobro recomendado por refeição. Os valores recomendados, de acordo com a “Public Health England”, são 600 calorias por refeição.

Este número excede bastante o número de calorias encontrado nas cadeiras fast-food tais como McDonald’s ou o Burger King. Segundo o investigador, apenas uma em cada dez refeições analisadas podia ser considerada saudável a nível calórico.

Apesar dos dados retirados deste estudo, o investigador faz a ressalva que tal não significa que a comida fast-food seja recomendada já que o conteúdo nutricional é muito baixo. No entanto, serve para alerta da necessidade de uma melhoria qualitativa dessas refeições.

Já está a ser ponderada a introdução obrigatória de informação com o número de calorias nas ementas dos restaurantes no Reino Unido.

De acordo com o Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS), em Portugal, os valores médios recomendados para adultos saudáveis variam entre as 1800 e as 2500 calorias por dia.

Envie este conteúdo a outra pessoa