Estudo do ISPUP premiado no CNA 177

Um estudo, que avaliou a exposição da população Portuguesa à acrilamida presente na alimentação, do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), recebeu o prémio de melhor comunicação oral, no XIX Congresso de Nutrição e Alimentação (CNA), organizado pela Associação Portuguesa de Nutrição (APN).

A acrilamida é um contaminante resultante do processamento alimentar e que surge em alimentos submetidos a temperaturas elevadas e baixa humidade, tais como fritos, assados ou torrados. É formado tanto no processamento industrial dos alimentos como na sua confeção em casa.

O estudo denominado por “Estimation of dietary exposure to acrylamide of the Portuguese population“, tem como primeira autora, a investigadora Sofia Costa, contou com as investigadoras Ana Catarina Carvalho, Sofia Vilela e Daniela Correia, e foi coordenado por Carla Lopes e Duarte Torres.

Este trabalho foi desenvolvido no âmbito do projeto FOCAcCia: Exposição a aditivos alimentares e a contaminantes resultantes do processamento e embalagem de alimentos: definir padrões e os seus efeitos na adiposidade e na função cognitiva da infância, e irá ser brevemente publicado.

Este estudo focou-se na avaliação do nível individual de exposição da população Portuguesa a esta substância, presente em vários alimentos que ingerimos diariamente, a partir de uma amostra de 5811 pessoas que integraram o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física (IAN-AF).

Envie este conteúdo a outra pessoa