Dicas para uma vida saudável em tempo de covid-19 638

São sete as dicas para uma vida saudável em tempo de pandemia de covid-19. Quem o disse foi Alexandra Bento, bastonária da Ordem dos Nutricionistas (ON), numa conferência de imprensa da Direção-Geral da Saúde (DGS), dada no principio do mês, onde esteve presente.

Em primeiro lugar, Alexandra Bento destaca a desinformação, principalmente para a existente na internet relativamente a “alegadas soluções milagrosas para o fortalecimento do sistema imunitário” contra a covid-19. A bastonária reforça que “não existem nem superalimentos nem suplementos capazes de prevenir ou até mesmo de combater a covid-19 através do fortalecimento do sistema imunitário”, informou.

Uma das dicas defendida pelos nutricionistas tem a ver com o ter uma alimentação mais equilibrada durante este período de isolamento. Segundo Alexandra Bento, “a alimentação equilibrada é fundamental para assegurar o adequado funcionamento do sistema imunitário. O sistema imunitário agradece que fiquem em casa e que comam saudavelmente”.

Nesse seguimento, apela-se a um maior cuidado com o que come, com um consumo de mais alimentos frescos nas refeições. “Em tempo de pandemia, relembro; devemos privilegiar alimentos frescos em detrimento de alimentos com muito sal, muito açúcar, muita gordura”, indica a bastonária da ON.

Isso implica que se privilegiem produtos mais verdes e fruta da época, pois “os hortícolas e as frutas frescas crus ou cozinhados devem constituir a base das refeições diárias devemos dar lhes preferência, e dar preferência aos que são da época, que são locais e que tenham a maior durabilidade”, indica Alexandra Bento.

Seguir as boas práticas de higiene com os alimentos deve ser essencial neste momento. “Apesar de não existir evidencia que os alimentos são um veiculo de contaminação por coronavírus devemos aplicar o principio da precaução e reforçar as boas praticas de higiene e de segurança alimentar, quer durante a manipulação, preparação e ate confeção dos alimentos”, sublinhou a bastonária.

Devido ao isolamento e ao sedentarismo que isso agrega, outra das dicas defendidas tem a ver com exercício físico. Alexandra Bento recomenda que se tente fazer exercício físico tanto quanto for possível, cumprindo as regras do Estado de Emergência.

Por último, a bastonária da Ordem dos Nutricionistas pede contenção na hora de ir às compras. Nada de corridas e apela a que só se compre o que se precisa, e evitar ao máximo o açambarcamento de produtos. “Compre só os elementos que precisa . Tenha um comportamento moral e não açambarque alimentos. Não haverá falta de alimentos, a cadeia de abastecimento esta a funciona”, concluiu Alexandra Bento.

Envie este conteúdo a outra pessoa