DGE: Cantinas escolares devem oferecer ensopados ou açordas 262

19 de janeiro de 2017

Ensopados, açordas ou jardineiras são estas as refeições que devem ser privilegiadas pelos refeitórios das escolas públicas portuguesas, revelou, numa entrevista ao “NiT”, Rui Lima, nutricionista da Direção-Geral da Educação.

Tendo sido um dos responsáveis pela implementação da Circular n.º 3, de 2013, que dita as regras das refeições das cantinas das escolas, Rui Lima lembra que há dez anos a dimensão nutricional dos alimentos não era tão valorizada nas cantinas escolares. Desde 2007, especialmente a partir de 2013, passou a promover-se um regime inspirado na dieta mediterrânica, promovendo-se formas de cozinhar mais saudáveis, como os ensopados, as açordas ou jardineiras.

Nesta diretiva não existem “alimentos proibidos”, mas sim “alimentos autorizados”, e é com base nestes últimos que se planificam e cozinham as refeições, rematou Rui Lima. Também a forma de confeção e a constituição da própria refeição estão previstas neste documento que serve de referência às insituições de ensino.

Envie este conteúdo a outra pessoa