Universidade do Minho realiza primeiro estudo nacional sobre doença celíaca 486

08 de Janeiro de 2016

Está em curso o primeiro estudo sobre a prevalência da doença celíaca em Portugal. Esta investigação, coordenada pela professora Henedina Antunes, é uma iniciativa da Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho.

A recolha de dados já começou nas escolas de Portugal continental e ilhas, junto dos adolescentes e pais. Os resultados serão conhecidos em meados deste ano, noticiou o “Correio do Minho”.
 
A iniciativa é aprovada pela Direção-Geral da Saúde, pela Comissão Nacional de Proteção de Dados e pelas comissões de ética e conta ainda com o apoio da Associação Portuguesa de Celíacos e das sociedades portuguesas de Pediatria e de Gastroenterologia Pediátrica.
 
Estima-se que 70 a 100 mil indivíduos sofra de doença celíaca, isto é, 1 a 3% da população portuguesa. No entanto, apenas existem 10 mil casos diagnosticados.

Envie este conteúdo a outra pessoa