Suplementos alimentares terão provocado duas mortes e 100 hospitalizações no Japão 1309

Pelo menos duas pessoas morreram no Japão e 100 foram hospitalizadas por causa de uma série de suplementos alimentares com levedura de arroz vermelho, entretanto já recolhida, disse esta quarta-feira o Ministério da Saúde japonês.

De acordo com a Kobayashi Pharmaceutical, a empresa responsável, uma pessoa morreu na terça-feira, enquanto o Ministério da Saúde japonês confirmou já uma segunda morte após uma reunião com a companhia, noticia a Lusa.

Ambos os indivíduos tinham alegadamente tomado o suplemento para baixar o colesterol regularmente nos últimos anos e as autoridades disseram suspeitar que as mortes podem estar relacionadas com o produto, embora estejam a investigar pormenores dos casos e possíveis ligações.

A empresa recebeu mais de três mil mensagens de correio eletrónico desde que anunciou a recolha, na sexta-feira passada, mas só esta semana conseguiu confirmar a primeira morte, indicou a Kobayashi Pharmaceutical.

Outras 106 pessoas foram hospitalizadas em ligação com o consumo dos produtos, embora o estado dos pacientes seja desconhecido e não haja informações públicas sobre outros consumidores que sofreram problemas de saúde possivelmente causados pelos suplementos sem serem admitidos em instalações médicas.

O Ministro da Saúde, do Trabalho e do Bem-Estar do Japão, Keizo Takemi, criticou na terça-feira a atuação da empresa à margem das autoridades de saúde pública: “Lamento que a Kobayashi Pharmaceutical não tenha apresentado informações relevantes às autoridades durante a realização da sua investigação”, afirmou, em conferência de imprensa.

“Tentaremos garantir a segurança sanitária do público e dos alimentos, e travaremos a propagação dos danos enquanto procuramos a causa e recolhemos os produtos”, acrescentou.

Os problemas de saúde terão sido causados por produtos que contêm levedura vermelha de arroz (“beni-koji” em japonês), uma variedade de levedura de arroz que adquire uma cor avermelhada quando fermentada.

A Kobayashi Pharmaceutical decidiu recolher voluntariamente cinco produtos, incluindo 300 mil embalagens de comprimidos vendidos como suplemento para baixar o colesterol, dos quais a empresa tinha vendido 1,06 milhões de embalagens até ao mês passado, desde que o produto foi lançado em 2021.

A empresa iniciou uma investigação depois de ter sido notificada por um médico de problemas de saúde aparentemente relacionados com o consumo do produto, incluindo sintomas como fadiga ou disfunção renal.

Além dos produtos acima referidos, a empresa distribuiu levedura de arroz vermelho a 52 outras companhias japonesas e estrangeiras, às quais foi igualmente solicitado que retirassem os produtos do mercado, caso pudessem também ser afetados por um ingrediente nocivo desconhecido que está na origem dos problemas.

O produtor japonês de molho de soja Fujiyoshi Soy Sauce anunciou a recolha de dois dos seus produtos, Genki Miso e Miso Kabosu Dressing, cujos ingredientes incluem levedura de arroz vermelho da Kobayashi Pharmaceutical, embora não tenha confirmado quaisquer incidentes de saúde relacionados com o consumo.

Na China, as vendas ‘online’ dos produtos sujeitos a estas recolhas voluntárias foram suspensas, informaram os meios de comunicação social locais. Os produtos também foram recolhidos em Taiwan.

Envie este conteúdo a outra pessoa