Quinze portugueses participam em projeto espanhol “Caminhar pela Diabetes 2019” 0 336

A Fundação para a Diabetes, com o apoio da Novo Nordisk e de associações espanholas de pessoas com diabetes calçam os ténis com dois objetivos: o primeiro é promover hábitos de vida saudável entre as pessoas com diabetes e o segundo, treinar para um grande desafio e realizar as cinco etapas dos Caminhos de Santiago.

Como informa um comunicado enviado pela Fundação para a Diabetes, de Espanha, quinze pessoas com diabetes da Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) juntaram-se a esta iniciativa e iniciaram os treinos de forma a demonstrar que, com a prática diária de atividade física, é possível manter os níveis de glicose no sangue controlados e finalizar com êxito esta jornada. O objetivo é criar rotinas que levem as pessoas com diabetes a incorporar a atividade física no seu quotidiano.

Ana Mateo, dirigente da Fundação para a Diabetes, agradeceu a todas as associações de doentes e voluntários por colaborarem, motivando os seus associados e toda a população a participar neste projeto, cujo objetivo é a preparação física e mental para caminhar até Santiago. Também representado está o incentivo à prática diária de exercício e a valorização do seu papel na gestão, cuidados, educação e prevenção da diabetes.

Após um período de quatro meses de treino, os grupos de peregrinos vindos de diversas localidades de Espanha, estarão preparados para concluir com sucesso as cinco etapas do desafio “Caminhar pela Diabetes”. O desafio decorre entre 15 e 19 de junho e os 100 peregrinos selecionados terão de ultrapassar os 109 km que separam as localidades de Neda e de Santiago de Compostela, passando por Pontedeume, Betanzos, Hospital de Bruma e Sigüeiro.

Envie este conteúdo a outra pessoa