Portugueses ”inventam” novo ingrediente 298

10 de agosto de 2016

Iogurtes, gelados, bebidas são apenas alguns dos possíveis destinos de um novo ingrediente, “inventado” e patenteado por portugueses. De acordo com o jornal “Público”, trata-se de um “creme” de aveia simbiótica, com pré e probióticos, e chama-se Oatvita. 

 

«É um ingrediente alimentar funcional», explicou Isabel Franco ao “Público”. Segundo a investigadora, este novo ingrediente soma aos benefícios da aveia os que vêm do processo de fabrico.  «Pegámos numa matéria-prima, que é a aveia, e acrescentámos valor. Estamos a fermentar o cereal com um processo que desenvolvemos e com isso tornámos os minerais biodisponíveis. Normalmente, os minerais estão lá mas não são absorvidos pelo nosso organismo», explica. «Por outro lado, esta fermentação permite também melhorar as propriedades sensórias e organoléticas das aplicações finais e, ao mesmo tempo, com os ácidos orgânicos produzidos durante este processo evitamos o uso de conservantes artificias», acrescenta.

 

Ao “Público”, José Amorim de Sousa, da Porto Bussiness School revelou que «as tendências de mercado em que este ingrediente se posiciona de uma forma natural são várias», desde logo, a intolerância à lactose, insensibilidade ao glúten e o excesso de peso. O Oatvita tem 30 quilocalorias por 100 gramas e isso pode ter um impacto numa receita final de um produto. «Neste momento estamos a preparar um primeiro ensaio industrial de um gelado light. Um gelado ou sorvete tradicional tem entre 130 e 200 quilocalorias. O objetivo é chegarmos a 86 quilocalorias», conclui José Amorim de Sousa.

Envie este conteúdo a outra pessoa