Óleo de palma pode ser cancerígeno, Ferrero já explicou que não há perigo 0 90

12 de janeiro de 2017

De acordo com a Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar, o óleo de palma é potencialmente cancerígeno, se for refinado a temperaturas acima dos 200 graus. Este é um ingrediente muito utilizado pela indústria dos chocolates. A Ferrero já veio, contudo, explicar que não recorre a altas temperaturas para retirar a cor avermelhada do óleo de palma, ao produzir a Nutella, não havendo, por isso, qualquer perigo aquando do seu consumo.

No entender desta marca, optar por um ingrediente alternativo acabaria por desvirtuar o produto. «Fazer Nutella sem óleo de palma poderia produzir um produto inferior, seria um passo atrás», lê-se numa notícia avançada pela “NiT”.

A Nutella irá assim manter a sua composição.

Envie este conteúdo a outra pessoa