Nova película aderente comestível poderá prevenir desperdício de alimentos 802

23 de Agosto de 2016

Uma nova película aderente comestível, biodegradável e sustentável promete revolucionar a forma de conservação dos alimentos, ao impedir a entrada do oxigénio nas embalagens e, consequentemente, o seu contacto com a comida.

Peggy Tomasula, cientista do departamento de agricultura dos Estados Unidos que liderou este estudo, destaca: «Quando usada em embalagens [a nova película] poderá prevenir desperdício de alimentos durante a distribuição», citou o “Notícias ao Minuto”.

Embora já existam algumas embalagens comestíveis disponíveis no mercado, estas são feitas de amido, um componente mais poroso que permite que o oxigénio se infiltre pelos seus micro-furos. Esta nova película é produzida a partir de caseína, proteína do leite.

Ainda é necessária a realizaçãode de mais testes, mas espera-se que a nova película aderente esteja disponível daqui a três anos.

Envie este conteúdo a outra pessoa