Maioria dos jovens não pratica atividade física suficiente 0 108

Mais de 80% dos adolescentes entre os 11 e os 17 anos não cumprem as recomendações atuais de pelo menos uma hora diária de atividade física, o que coloca em risco a sua saúde, revela um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A investigação publicada na revista The Lancet Child & Adolescent Health baseia-se em dados relatados por 1,6 milhões de estudantes de 146 países examinados entre 2001 e 2016, com idades compreendidas entre os 11 a 17 anos. Os resultados do trabalho mostram ainda que as raparigas são menos ativas do que os rapazes em todos os países, com exceção de quatro: Tonga, Samoa, Afeganistão e Zâmbia.

No caso de Portugal, e segundo os dados observados em 2016, as raparigas registam menor atividade física (90,7%), ocupando a 125.° posição da tabela entre os 146 países avaliados. Já no grupo dos rapazes, os números são melhores (78,1%), ocupando a 55.ª posição no ranking.

No total, Portugal regista uma percentagem de atividade física insuficiente, de 84,2%, ocupando o 74.º lugar da tabela de classificação dos 146 países avaliados pela OMS entre 2001 e 2016.

O estudo destaca que a prevalência de atividade física diminuiu ligeiramente nos rapazes (de 80% para 78%), enquanto que nas raparigas não se registaram mudanças ao longo do tempo (permanecendo em torno de 85%).

Envie este conteúdo a outra pessoa