Investigadores portugueses criam spray que substitui conservantes e plástico 0 57

Uma equipa portuguesa desenvolveu uma alternativa natural e ecológica aos conservantes tradicionais, por forma a reduzir o uso de plásticos e conservantes na indústria alimentar.

Como é referido pelo site “TSF”, o Centro de Investigação de Montanha do Instituto Politécnico de Bragança está a desenvolver um spray que pretende revolucionar a forma como conservamos alimentos frescos. O SpraySafe é uma alternativa aos conservantes químicos utilizados na produção alimentar e também ao revestimento de plástico tradicional utilizado para o embalamento dos alimentos, muito utilizado na charcutaria, queijo e mesmo nas frutas. Como o site “O Observador” refere, o spray já foi testado em fiambre e funciona criando um revestimento natural que conserva sem a necessidade de recorrer às atuais películas de plástico. A formulação do produto é de origem vegetal e dissolve-se na água.

À fonte, Isabel Ferreira, investigadora e diretora do Centro de Investigação de Montanha, criado em 2002, e que tem um polo no Instituto Politécnico de Viana do Castelo, explica como funciona o SpraySafe. Este produto é um conservante natural formulado à base de plantas e algas, «100% comestível». Basta borrifar os alimentos com o spray para reduzir a desidratação, evitar a oxidação e travar o desenvolvimento de microrganismos.

A produção do SpraySafe, ainda em fase de desenvolvimento, já suscitou a curiosidade de várias empresas alimentares, como confirma Isabel Ferreira, que refere também que poderá ser usado no retalho mas também em casa.

Envie este conteúdo a outra pessoa