Ferrero quer que FDA altere valor nutricional nas embalagens da Nutella 819

07 de Novembro de 2016

A empresa Ferrero, casa mãe da Nutella, quer que a Food and Drug Administration altere a informação nutricional colocada em destaque na parte frontal dos potes com creme de avelã e cacau.

Como se pode ler numa notícia avançada pelo “DN”, em causa está o tamanho da porção: a FDA considera que a Nutella é um topping de sobremesa e que, em média, cada dose servida ronda as duas colheres de sopa, o que equivale a 37 gramas e 200 calorias por porção. Ora, é este número surge descriminado no pote, pelo menos nos EUA – no Reino Unido ou mesmo em Portugal, o número de calorias é melhor porque se considera que são ingeridos menos gramas por dose: apenas 15 gramas, e 81 calorias.

A Ferrero quer que os EUA reclassifiquem o creme, o tirem da categoria dos toppings e o coloquem na categoria das compotas, em que se considera que a porção média ingerida é de uma colher de sopa, 20 gramas no máximo.

A FDA decidiu recolher informação online e perguntar aos norte-americanos: afinal, quanta Nutella comem de cada vez que abrem o frasco? Numa página para o efeito na Internet, um texto detalha como poderão fazer chegar as respostas à entidade, respostas estas que poderão ser enviadas até ao dia 3 de janeiro de 2017.

Envie este conteúdo a outra pessoa