Estudo: Exercício físico e nutrição podem melhorar ingestão de energia e proteína nos idosos 336

De acordo com um artigo, publicado na revista científica Nutrients, a prática precoce de exercícios combinados e a terapia nutricional podem melhorar a ingestão de energia e a proteína na dieta alimentar de idosos com mais de 70 anos.

Este ensaio clínico teve como objetivo determinar se uma intervenção individual e combinada de exercício físico e nutrição melhorou significativamente os resultados de saúde em adultos mais velhos, após a fratura do fémur proximal.

Por um lado, os autores deste estudo descobriram que não houve diferenças significativas na velocidade de tratamento da fratura do fémur proximal. Por outro lado, demonstraram que os exercícios e a terapia nutricional tiveram resultados positivos na ingestão de energia e proteína na dieta dos idosos.

Para participar nesta pesquisa, foram escolhidos, de forma aleatória, 176 idosos com mais de 70 anos. Os participantes em questão foram recrutados em quatro unidades de saúde na Austrália: Centro Médico de Flinders, Hospital Privado de Flinders, Hospital Geral de Repatriação e Hospital Hornsby Ku-ring-gai.

Além disso, os participantes deste estudo tiveram de atingir uma pontuação mínima do estado mental; um índice de massa corporal (IMC) entre 18,5 e 35 kg/m2; bem como residir em território australiano.

Os investigadores alertam para a necessidade de serem realizados mais ensaios clínicos com um maior poder estatístico para determinar o tipo, a dose e a combinação ideal de exercícios e terapia nutricional que trazem o maior benefício nos resultados funcionais.

Para saber mais detalhes sobre o estudo, clique aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa