Esperança de vida à nascença aumentou para homens e diminuiu para mulheres 677

A esperança de vida dos portugueses à nascença, entre 2020 e 2022, foi de 80,96 anos, tendo aumentado 0,01 anos para os homens e diminuído 0,01 anos para as mulheres, de acordo com estimativas do INE divulgadas esta quarta-feira.

A esperança de vida à nascença dos homens ficou em 78,05 anos, enquanto para as mulheres foi de 83,52 anos, indicou o Instituto Nacional de Estatística, segundo o qual os dados agora divulgados, e que são comparados com o trimestre anterior, refletem ainda o aumento de mortes “no contexto da pandemia” de covid-19, cita a Lusa.

“No espaço de uma década, verificou-se um aumento de 1,18 anos de vida para o total da população, de 1,38 anos para os homens e de 0,92 anos para as mulheres. Enquanto nas mulheres esse aumento resultou sobretudo da redução na mortalidade em idades iguais ou superiores a 60 anos, nos homens o acréscimo continuou a ser maioritariamente proveniente da redução da mortalidade em idades inferiores a 60 anos”, especificou o INE no Destaque publicado online esta quarta-feira.

A esperança de vida aos 65 anos foi estimada em 19,61 anos para o total da população. “Aos 65 anos, os homens podiam esperar viver mais 17,76 anos e as mulheres 20,98 anos, o que correspondeu a uma ligeira diminuição (-0,01 anos) para os homens, não se verificando alteração na esperança de vida aos 65 anos das mulheres, relativamente a 2019-2021”, destacou o INE.

Nos últimos dez anos, a esperança de vida aos 65 anos aumentou 9,7 meses para os homens e 8,5 meses para as mulheres.

Envie este conteúdo a outra pessoa