Dieta Mediterrânica pode diminuir o risco de mortalidade em pessoas acima de 65 anos 1461

Um estudo, no British Journal of Nutrition, indica que a Dieta Mediterrânica pode diminuir o risco de mortalidade em pessoas idosas, acima dos 65 anos.

A investigação, denominada por “Mediterranean diet and mortality in the elderly: a prospective cohort study and a meta-analysis”, é da autoria de Marialaura Bonaccio, Augusto Di Castelnuovo, Simona Costanzo, Alessandro Gialluisi, Mariarosaria Persichillo, Chiara Cerletti, Maria Donati, Giovanni de Gaetano e Licia Iacoviello.

Foi realizada uma análise longitudinal em 5200 indivíduos com idade igual ou superior a 65 anos, identificados na população geral recrutada na coorte do estudo Moli-sani (2005-2010).

Estes indivíduos foram acompanhados numa média de 8,1 anos. Durante este período, ocorreram um total de 900 óbitos.

Após a analise dos resultados, contatou-se que o consumo da Dieta Mediterrânica foi associado a um menor risco de mortalidade por todas as causas.

Uma meta-análise de sete outros estudos sobre a Dieta Mediterrânica, constatou também que quanto mais próximos os indivíduos seguiam a dieta, menores eram os problemas de saúde.

Pode consultar o estudo aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa