Covid-19: Portugal regista aumento de novas infeções contrariando decréscimo europeu 746

Portugal registou 4.451 novos casos de covid-19 entre 11 de dezembro de 2023 e 07 de janeiro de 2024, um aumento de 43% face ao período de 28 dias precedente, que contraria o decréscimo reportado na Europa.

Os dados foram esta segunda-feira (22) divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e citados pela Lusa, que atualiza periodicamente a informação epidemiológica sobre a covid-19.

Segundo a OMS, a Europa comunicou mais de 701 mil novos casos entre 11 de dezembro de 2023 e 07 de janeiro de 2024, um decréscimo de 13% face ao período de 28 dias anterior, de 13 de novembro a 10 de dezembro de 2023.

Portugal figura entre os 10 países europeus – dos 62 que transmitiram dados à OMS – com aumentos de mais de 20% nas novas infeções, ocupando a sétima posição, à frente de Bélgica, Luxemburgo e Países Baixos.

Entre 11 de dezembro de 2023 e 07 de janeiro de 2024, Portugal registou 4.451 novos casos de covid-19, um aumento de 43% face ao período de 13 de novembro a 10 de dezembro de 2023.

Nos períodos comparativos em análise, Portugal reportou menos 49% de novas hospitalizações.

A região da Europa teve 4.194 novas mortes por covid-19 entre 11 de dezembro de 2023 e 07 de janeiro de 2024, um decréscimo de 3% face ao período de 13 de novembro a 10 de dezembro de 2023.

A OMS ressalva que os dados divulgados estão subestimados, uma vez que nem todos os países no mundo comunicam informação e a estratégia de testagem, que permite identificar novas infeções, alterou-se.

Desde o início da pandemia da covid-19, e até 07 de janeiro, foram reportados à OMS mais de 774 milhões de casos e mais de sete milhões de óbitos.

A covid-19 é uma doença respiratória pandémica causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado inicialmente em 2019 na China e que assumiu várias variantes e subvariantes, umas mais contagiosas do que outras.

Envie este conteúdo a outra pessoa