Consumo de fibras pode reduzir risco de cancro da mama 720

08 de Fevereiro de 2016

Segundo um estudo conjunto entre a Universidade de Harvard e o Departamento Médico de Oncologia do Instituto do Cancro Dana-Farber – que será publicado em março na revista “Pediatrics” – o consumo de fibra dietéticas na adolescência é uma forma eficaz de reduzir os riscos de cancro da mama em idade adulta.

Para o estudo, foram analisadas 44 mil mulheres e constatou-se que aquelas que consumiam uma maior quantidade de fibra quando eram jovens – cerca de 28 gramas por dia – apresentavam um menor risco de contrair a doença do que aquelas que consumiam apenas até 15 gramas de fibra por dia.

Em causa, está o poder da fibra dietética em reduzir os níveis de estrogénio no sangue, o que normaliza o processo hormonal e, com isso, reduz o risco de cancro, avançou o “Notícias ao Minuto”.

Envie este conteúdo a outra pessoa