Alexandra Bento: “Queremos que as medidas acionadas sejam equitativas, realistas e possam minorar os efeitos sentidos” 156

A instabilidade social e económica provocada pela pandemia de covid-19 teve, desde o início do confinamento obrigatório, um forte impacto na vida laboral dos nutricionistas que são trabalhadores independentes e que, como tal, não têm qualquer contrato com as entidades patronais. Os especialistas anteveem mesmo num futuro próximo uma nova crise social e económica que pode ameaçar os postos de trabalho destes trabalhadores a recibos verdes.

Alexandra Bento, bastonária da Ordem dos Nutricionistas (ON) revela que a ON tem estado a implementar no terreno um plano de ação para atenuar o impacto desta pandemia na vida laboral dos nutricionistas e que vai continuar a trabalhar com outras ordens profissionais para que sejam criados mais mecanismos de apoio à profissão.

É nossa pretensão usar todos os meios e recursos ao nosso alcance para apoiar e servir os nutricionistas neste período mais difícil.

Não perca a reportagem na íntegra na edição de maio da VIVER SAUDÁVEL.

Envie este conteúdo a outra pessoa