‘Ver Cascais com outros Olhos’ – uma ação de sensibilização promovida pela ARP-Retina Portugal com rastreios visuais gratuitos 782

A Associação Retina Portugal (ARP) realiza no próximo dia 13 de dezembro, data em que se assinala o 6.º aniversário do movimento Bengala Verde, a ação de sensibilização ‘Ver Cascais com outros Olhos’ em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, a Essilor e com o apoio da farmacêutica Bayer. A associação vai promover uma ação de rastreios, totalmente gratuitos, entre as 10h00 e as 15h00, junto à Praia da Poça em São João do Estoril, com o objetivo de avaliar a visão dos munícipes deste concelho e informar acerca das doenças da retina mais frequentes, como o edema macular diabético (EMD), retinopatia diabética (RD) e a degenerescência macular da idade (DMI).

Para além dos rastreios haverá também a possibilidade de experienciar, através de óculos simuladores, como veem as pessoas com EMD, RD e DMI, com o objetivo de alertar a população para a importância de estar atento aos primeiros sinais, de forma a obter-se um diagnóstico precoce.

Estima-se que em Portugal mais de 1 milhão de pessoas entre os 20 e os 79 anos têm diabetes e destas 300 000 têm retinopatia diabética. No que diz respeito à DMI, esta é uma doença que afeta 1 em cada 8 pessoas a partir dos 60 anos.

«É com enorme satisfação que promovemos a iniciativa ‘Ver Cascais com outros Olhos’ levando aos munícipes de Cascais a possibilidade de avaliarem o estado da sua visão. Escolhemos esta data, o aniversário do movimento Bengala Verde em Portugal pois este é um projeto importante que tem como objetivo ajudar a identificar as pessoas que têm baixa visão, isto é, que têm resíduo visual, apesar deste ser muito inferior ao considerado “normal”», afirma Andreia Neves, membro da ARP e responsável pelo movimento Bengala Verde em Portugal.

O movimento Bengala Verde foi criado para identificar as pessoas com baixa visão, evitando a confusão com as pessoas cegas, pois as necessidades são diferentes. Além do apoio na identificação de obstáculos, orientação e mobilidade, a Bengala Verde é um elemento facilitador da autonomia e da inclusão das pessoas com baixa visão.
Para mais informações consulte: https://retinaportugal.org.pt/wordpress/

Envie este conteúdo a outra pessoa