Projeto de educação alimentar desenvolvido na Unidade de Saúde da Guarda 0 554

A Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde da Guarda está a levar a cabo um programa de educação alimentar junto dos alunos das escolas dos concelhos de Gouveia, Seia e Fornos de Algodres, com o intuito de «melhorar os hábitos alimentares dos alunos».

Segundo uma nota da Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda à qual a “Lusa” teve acesso, no âmbito do Programa de Educação Alimentar na Comunidade Escolar (PEACE), está a ser desenvolvido o jogo “Os Super Saudáveis”, orientado para os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico dos três municípios abrangidos.

O jogo “Os Super Saudáveis” consiste num pequeno baralho de cartas colecionáveis «para cada criança jogar e aprender». «No total, são 15 cartas colecionáveis que representam 15 alimentos com diferentes níveis de superpoderes. Todos os alimentos são saudáveis e foram escolhidos com base nos grupos da roda dos alimentos», explica a ULS da Guarda no comunicado enviado.

A fonte informou que durante as cinco semanas em que decorre o projeto, há um almoço e um lanche por semana «acompanhados de um alimento com um poder super saudável». «Com a ingestão desses alimentos na escola serão entregues, pelo(a) professor(a), as cartas respetivas», acrescenta o comunicado.

O projeto, patrocinado pela Liga Portuguesa Contra o Cancro, tem tido resultados satisfatórios na perspetiva das entidades organizadoras do projeto que pretendem, no próximo ano letivo, estender o desafio aos restantes concelhos do distrito da Guarda. Esta implementação de «Os Super Saudáveis?» é vista «como ferramenta de educação alimentar prioritária no âmbito da aplicação de PEACE», segundo a fonte.

A iniciativa começou em março e prolonga-se até ao mês de maio.

Envie este conteúdo a outra pessoa