“Policy briefs”. STOP e OMS apoiam implementação de políticas de alimentação saudável 545

Foram apresentados esta quinta-feira as policy briefs (resumos políticos) do projeto STOP, em articulação com a Organização Mundial de Saúde (OMS), para a promoção da alimentação saudável junto dos mais novos.

Criado em 2018, o projeto STOP procura gerar evidências cientificamente sólidas, novas e relevantes acerca dos fatores e políticas que contribuíram para a disseminação da obesidade infantil na Europa. As policy briefs pretendem apoiar um conjunto de ações que, em resposta, promovem uma alimentação saudável.

Entre as medidas apresentadas, destacam-se a promoção da atividade física nas escolas, a proteção das crianças por parte de campanhas de marketing alimentar nocivas, políticas fiscais e reformulações de produtos alimentares e de bebidas em prol de dietas saudáveis e a rotulagem nutricional dos produtos.

Composto por seis documentos breves, a que se somam outros cinco documentos explicativos das orientações do projeto, as policy briefs tratam-se de orientações breves que, sintetizado evidências científicas, procuram implementar medidas dirigidas aos decisores políticos. Para lá da OMS, o projeto recebeu financiamento do programa de pesquisa e inovação Horizon 2020 da União Europeia.

Consulte os documentos no site do projeto STOP.

WordPress Ads
Envie este conteúdo a outra pessoa