OMS: Crianças que comem mais fruta e vegetais têm melhor saúde mental 1226

De acordo com um artigo, publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), duas em cada dez crianças sofrem de um problema de saúde mental. Este novo estudo conclui que as crianças que comem frutas e vegetais têm menor probabilidade de ter ansiedade ou depressão.

Cerca de 10 a 20% das crianças e dos adolescentes em todo o mundo sofrem de um problema de saúde mental, como ansiedade ou depressão, conforme indicam os dados divulgados pela OMS.

Segundo este organismo mundial, ficou demonstrado que metade de todas as condições de saúde mental começam aos 14 anos, mas maioria dos casos não é devidamente detetada e tratada.

Tendo em consideração a importância e a formação da adolescência na vida de um cidadão, o organismo que tutela saúde mundial considera ser prioritário encontrar formas de proteger o bem-estar mental das crianças e dos jovens.

Nesse sentido, a OMS assinala que introdução de fruta e vegetais na alimentação é um passo importante nessa direção. Além disso, uma boa nutrição e dieta alimentar são trunfos valiosos para prática da atividade física, já que os especialistas recomendam que sejam consumidas cinco porções de fruta ou vegetais por dia.

Os autores da investigação concluíram que ter uma dieta mais nutritiva, rica em frutas e vegetais está associada a uma melhor saúde mental nas crianças.

De realçar que as condições de saúde mental são responsáveis por 16% da carga global de doenças e lesões em pessoas com idades compreendidas entre os 10 e 19 anos. Em termos globais, a depressão tornou-se uma das principais causas de doenças entre as crianças e os adolescentes.

As consequências de não abordar as condições de saúde mental dos adolescentes estendem-se até a idade adulta, prejudicando a saúde física e mental dos jovens.

Para saber mais informações sobre o estudo, clique aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa