NutrircomSaúde inova em Sistema Integrado de Reeducação Alimentar 0 360

A NutrircomSaúde apresenta uma metodologia inovadora – O SIRA – Sistema Integrado de Reeducação Alimentar, no âmbito do seu serviço de consultoria na área da Nutrição e Psicomotricidade a crianças, jovens e adultos com excesso de peso ou obesidade.

A NutrircomSaúde é um projeto idealizado por uma equipa de Nutricionistas e Psicomotricistas, e consiste numa ideia de prestação de consultoria na área da Nutrição e Psicomotricidade, baseado num Sistema Integrado de Reeducação Alimentar. Este é um dos projetos contemplados com uma das 15 Bolsas de Ignição suportados pelo INOV C 2020.

Num comunicado da INOV C 2020, Romeirica Santos, Coordenadora do projeto, explica «o SIRA surgiu de consistentes resultados científicos que evidenciam que um dos grandes motivos para a desistência do acompanhamento nutricional a longo prazo é um fator emocional: a desmotivação. É neste contexto que a Psicomotricidade vem acrescentar à Nutrição, o acompanhamento motivacional através de atividades que otimizam e mantêm os resultados».

Na sequência destas conclusões, a equipa da NutrircomSaúde, tem identificado alguns dos problemas relacionados com a gestão do peso tais como: elevados índices de excesso de peso e obesidade, elevada taxa de abandono das consultas de nutrição, escassos resultados efetivos a longo prazo e desmotivação associada ao regime nutricional.

De acordo com os coordenadores deste programa nutricional, o SIRA investe na reeducação alimentar de forma gradual e definitiva, através de palestras, workshops, despistagens e consultas personalizadas durante o seu período de duração, de 6 a 12 meses. «A gestão do peso com resultados definitivos não depende exclusivamente da alimentação e é neste sentido que a nossa proposta é uma inovação incremental das medidas já existentes no mercado nacional e internacional. A intervenção holística que propomos tem impacto a nível da capacitação individual e coletiva de aquisição de literacia alimentar, aumento da saúde, qualidade de vida e bem-estar das pessoas envolvidas no projeto», explica Augusta Neves, Psicomotricista.

Envie este conteúdo a outra pessoa