Ministério da Saúde estuda exclusividade de profissionais no SNS 0 192

A ministra da Saúde, Marta Temido, indicou que o Ministério da Saúde está a estudar a opção da dedicação exclusiva dos profissionais de saúde ao serviço público.

De momento encontram-se a analisar os impactos financeiros e quem poderá ser abrangido.

A ministra adiantou que este trabalho começou agora, mas lembrou que a opção pela dedicação plena ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) já constava do programa do atual Governo.

“Estamos a estudar de que forma uma opção pela dedicação plena se poderia materializar, em termos de impacto financeiro, de quem abranger”, afirmou Marta Temido no final da sessão de apresentação do Relatório da Primavera 2019 do Observatório Português dos Sistemas de Saúde.

Esta análise deverá estar concluída a tempo de ser entregue ao próximo ministro da Saúde, para que se tomem decisões na próxima legislatura.

Envie este conteúdo a outra pessoa