Investigadora da Universidade Católica é uma das cientistas mais citadas do mundo 202

Célia Manaia, investigadora do Centro de Biotecnologia e Química Fina (CBQF) da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, é uma das cientistas mais citadas do mundo.

A investigadora destaca-se pelo seu trabalho na área da microbiologia, em particular, no campo da resistência de bactérias aos antibióticos.

A lista, denominada por “Highly Cited Researchers 2021”, é feita pela Clarivate Analytics, que identifica os 6.600 investigadores a nível mundial, que demonstraram influência na sua área de investigação ou áreas científicas.

Os investigadores mais influentes são determinados através dos dados e análises realizadas por especialistas em bibliometria e cientistas de dados no Institute for Scientific Information, da Clarivate, em 21 de áreas de investigação.

No total, a lista deste ano engloba 6.600 investigadores de 70 países a nível mundial, da qual fazem parte 24 vencedores de Prémios Nobel, o que corresponde a 1% de todos os cientistas no mundo.

Os países com maior representação de investigadores citados são os Estados Unidos, China, Reino Unido e Austrália.

Em Portugal, a investigadora Célia Manaia é um dos 16 cientistas portugueses que integram a lista.

Envie este conteúdo a outra pessoa