Estudo aponta tendências no setor agroalimentar até 2050 0 526

A plataforma Think Tank do Parlamento Europeu disponibilizou online o estudo “Megatendências no setor agroalimentar: visão global e possível resposta política da perspectiva da EU”. O trabalho apresenta uma análise das megatendências que influenciam a maneira como o mundo produz, distribui e consome alimentos e fornece, ainda, uma visão da produção global necessária para sustentar as populações humanas até 2050.

De acordo com os investigadores, para enfrentar os desafios que se colocam ao setor agroalimentar, as pessoas precisam mudar seus hábitos alimentares. Desta forma, aumentar a conscientização sobre dietas ambientalmente sustentáveis e regular os alimentos residuais poderia ajudar substancialmente a transformação para um consumo agroalimentar sustentável.

Mas só isso não chega. É igualmente necessário fazer face à mudança climática que afeta o rendimento, a qualidade do solo e os animais, entre outros efeitos, e garantir que os sistemas agrícolas podem contribuir para a redução de emissões de gases com efeito de estufa (GEE), enquanto ainda são capazes de fornecer comida suficiente para populações em crescimento.

Ações públicas firmes e inovação dos setores público e privado são, por isso, necessárias para aumentar a produtividade agrícola sem expandir demais as terras agrícolas e causar degradação do solo. Da mesma forma, melhorias tecnológicas e a adoção mais ampla de práticas agrícolas sustentáveis podem resultar numa redução das emissões agrícolas de GEE e num uso mais efetivo da água.

Para além disso, e de forma garantir a segurança e disponibilidade de alimentos, os autores do estudo defendem que os formuladores de políticas devem concentrar-se na produtividade agrícola e prever incentivos sob a proposta da Política Agrícola Comum (PAC) para aumentar e/ou maximizar a produção agrícola na União Europeia, bem como promover a aceitação e a partilha de conhecimentos de tecnologia e digitalização na produção agrícola como motor da segurança alimentar.

Envie este conteúdo a outra pessoa