Estudo: 6,4 milhões de portugueses consumiram batatas fritas de pacote 377

Segundo o estudo TGI da Marktest, referente a 2019, três quartos dos portugueses consomem batatas fritas de pacote.

Isto significa que 6,4 milhões de portugueses consumiram batatas fritas de pacote nos últimos 12 meses, o que representa 74.4% dos residentes no Continente com 15 e mais anos.

Após uma quebra em 2016, tem-se verificado um crescimento anual, chegando a 2019 com 74.4%. Este é o valor mais elevado desde 2010, ano em que a percentagem de consumo foi mais elevada com 75,4%.

A análise mostra que é entre os 35 e os 44 anos que mais se consome batatas fritas de pacote (81.6%), seguido pelos indivíduos entre os 25 e os 34 anos (80.8%).

A área metropolitana de Lisboa destaca-se com 80.8% dos seus residentes a afirmar ter consumido batatas fritas nos últimos 12 meses.

As mulheres apresentam um maior consumo de batatas fritas com 74,6%, contra 74.2% dos homens.

Relativamente ao consumo por classe social, o destaque vai para os indivíduos da classe Alta e Média Alta, com 77.9% de consumo. Já as classes média baixa/baixa apresentam um consumo que ronda os 72.2%.

O estudo mostra ainda que o tipo de batatas fritas preferida são as batatas lisas.

“Os dados apresentadas fazem parte do estudo TGI, propriedade intelectual da Kantar Media, e do qual a Marktest detém a licença de exploração em Portugal”.

Envie este conteúdo a outra pessoa