Dieta rica em potássio diminui risco de AVC 447

De acordo com um estudo publicado na edição online da Stroke, as pessoas que comem muitas frutas, verduras e produtos lácteos, alimentos ricos em potássio, são menos propensas a sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Esta conclusão é resultado de uma análise de 10 estudos internacionais, que envolveram mais de 270 mil pessoas.

Segundo a análise, o risco de AVC diminuiu consoante aumentou a ingestão de potássio. Cada aumento de 1.000 miligramas de potássio por dia, conduziu a uma diminuição de 11% na probabilidade de sofrer um AVC nos próximos 5 a 14 anos.

Contudo, os cientistas indicam que estas as descobertas não provam que é o potássio em si, que produz o efeito positivo, contuio estes resultados fortalecem as provas já existentes do seu potencial.

“Dado que os alimentos ricos em potássio são geralmente mais saudáveis, incluindo feijão, uma variedade de frutas e legumes, e lacticínios de baixo teor de gordura, os resultados oferecem um motivo a mais para as pessoas comerem mais o mineral”, explicou a líder da investigação, Susanna C. Larsson, do Instituto Karolinska, Estocolmo, na Suécia, em comunicado.

Das quase 270 mil pessoas do estudo, uma em 30 sofreram AVC. Mas a descida do risco AVC, avaliado com cada aumento de 1.000 mg de potássio, ocorreu mesmo tendo em conta fatores como idade, hábitos de exercício e tabagismo.

O potássio (eletrólito necessário para manter o equilíbrio de fluidos no corpo) foi especificamente relacionado a um risco reduzido de AVC isquémico, que representa cerca de 80% de todos os AVC. Contudo, o mineral não foi relacionado a um menor risco de AVC hemorrágico. Os cientistas não sabem explicar o facto, pois apenas alguns estudos analisados tinham dividido os AVC em subtipos.

Envie este conteúdo a outra pessoa