DGE: «É importante envolver as crianças na preparação dos alimentos» 304


20 de setembro de 2017

Incentivar as crianças a participarem na preparação das refeições, esta deveria ser uma prática adotada pelos pais, defendeu Rui Lima, técnico superior da Direção-Geral da Educação, numa entrevista ao “DN”. «É preciso ter alguns cuidados e habituar as crianças aos sabores. É importante envolver as crianças e os adolescentes na preparação dos próprios alimentos», explicou.

No entender de Rui Lima, os lanches da maioria das crianças em Portugal «não são muito saudáveis». O responsável pelas regras de alimentação das cantinas das escolas públicas referiu que «na maior parte das vezes se opta pelo mais fácil, que são produtos pré-embalados e com alto teor de açúcar e gordura».

Quanto ao facto de existirem crianças que recusam determinados alimentos, Rui Lima explicou que «o problema é que, muitas vezes, logo nos primeiros anos de vida, os pais habituam as crianças a sabores que não são naturais». «As crianças não nascem com gostos esquisitos, refletem aquilo que os pais lhes deram nas primeiras fases de crescimento», concluiu.

Envie este conteúdo a outra pessoa