Covid-19: Treze entidades do SNS distinguidas pela Federação Internacional dos Hospitais 549

A Federação Internacional dos Hospitais (IHF, sigla em inglês) distinguiu 103 instituições, das quais fazem parte 13 entidades portuguesas do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

As 103 instituições de 28 países, foram distinguidas pelos “serviços excecionais” que prestaram no combate à pandemia de covid-19.

Segundo um comunicado divulgado pela Federação Internacional de Hospitais, as entidades distinguidas instituíram mudanças na prestação de cuidados de saúde, desde inovações tecnológicas no diagnóstico e tratamento, até a reestruturação dos sistemas de fluxo de trabalho e interações médico-doente.

As 13 entidades portuguesas distinguidas foram o Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, o Hospital de Cascais, o Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, IPO de Coimbra Francisco Gentil, a Unidade Local de Saúde da Guarda, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, o Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga, o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, o Centro Hospitalar Universitário de São João, o Hospital Arcebispo João Crisóstomo, em Cantanhede, e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SMPS) em parceria com a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O júri internacional que atribuiu estas distinções, é composto por 16 especialistas do setor de saúde, entre os quais o presidente da direção da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar-APDH, membro da IHF.

Os distinguidos irão receber um certificado “Beyond the Call of Duty for covid-19″.

Envie este conteúdo a outra pessoa