Português ajuda Programa Alimentar Mundial a vencer Prémio Franz Edelman 169

O Programa Alimentar Mundial (PAM) da Organização das Nações Unidas (ONU) foi distinguido com o Prémio Franz Edelman, o mais importante galardão do mundo na área de análise avançada, pesquisa e otimização de operações e ciências de gestão.

A conquista contou com o contributo do português Sérgio Guedes Silva, antigo estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e membro do Conselho Geral da U.Porto.

“Este é um grande feito e demonstra que quando se trata de utilizar dados e análises, o Programa Alimentar Mundial não é apenas a principal agência humanitária, mas uma agência líder, mesmo quando comparada com o setor privado. Esta foi uma grande oportunidade para mostrar ao mundo o que fazemos, e desperta a atenção de doadores e parceiros através do setor privado e do meio académico”, afirmou Sérgio Guedes Silva, em declarações ao site da Universidade do Porto.

Sérgio Guedes Silva é responsável pela equipa de planeamento estratégico e otimização no departamento operacional da maior organização humanitária do mundo, que tem sido determinante em matéria de inovação, apoio operacional e missões complexas em cenários humanitários difíceis.

Sérgio Guedes Silva destacou, ainda, a importância do projeto “Towards Zero Hunger with Analytic”, que sustentou a gestão do Plano Alimentar Mundial e das vastas e complexas operações humanitárias. Uma iniciativa que ajudou “a alcançar mais pessoas, responder mais rapidamente em emergências, e realizar poupanças significativas que são utilizadas para melhorar vidas e capacitar as comunidades”, garantiu Sérgio Guedes Silva, que recebeu o Prémio Franz Edelman em nome da equipa do Programa Alimentar Mundial.

Envie este conteúdo a outra pessoa