2020 – Ano Internacional da Fitossanidade 2416

A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2020 como o Ano Internacional da Fitossanidade (International Year of Plant Health).

A ONU pretende com esta resolução “aumentar a conscientização global sobre como proteger a saúde das plantas e ajudar a acabar com a fome, reduzir a pobreza, proteger o meio ambiente e impulsionar o desenvolvimento económico”.

A Food and Agriculture Organization (FAO) lembra que as plantas “são a fonte do ar que respiramos e a maioria dos alimentos que ingerimos”. E que todos os anos até 40% das culturas alimentares são perdidas devido a pragas e doenças. O que deixa milhões de pessoas sem comida suficiente para comer e prejudica seriamente a agricultura.

“A saúde das plantas está cada vez mais ameaçada. As mudanças climáticas e as atividades humanas alteraram os ecossistemas, reduzindo a biodiversidade e criando novos nichos onde as pragas podem prosperar” indica a FAO no seu portal.

“Proteger as plantas de pragas e doenças é muito mais económico do que lidar com emergências de saúde das plantas. Pragas e doenças de plantas são muitas vezes impossíveis de erradicar. A prevenção é fundamental para evitar o impacto devastador de pragas e doenças na agricultura, meios de subsistência e segurança alimentar, e muitos de nós temos um papel a desempenhar” sublinha.

Para isso, a FAO, no seu portal indica que todos temos um papel a desempenhar. E para isso, deixa uma série de mensagens-chave sobre o que se pode fazer para ajudar a proteger um dos maiores bens do planeta.

Respeitar os regulamentos fitossanitários que foram implementados para proteger a agricultura, a silvicultura e o meio ambiente; cuidado ao trazer plantas e produtos vegetais (por exemplo, sementes, vegetais, flores cortadas) além das fronteiras; reduzir a pegada ambiental; e proteger os recursos naturais são algumas das sugestões.

Envie este conteúdo a outra pessoa